Dia: 09/09
Horários: 10h às 14h
Participantes - 30 vagas
Ouvintes - Ilimitadas
Local: Teatro Popular Oscar Niemeyer
Rua Jornalista Rogério Coelho Neto, s/n - Centro

A oficina consiste no exercício de interpretação onde os participantes deverão se entregar à força física, permitindo assim, a liberdade na atuação, chegando ao desenvolvimento básico da musculatura e dos sentimentos. Dessa forma, a oficina
propõe o despojamento e a libertação de qualquer vício do ator, onde cada personagem é um novo ser e deve ser interpretado a cada momento.
Neste sentido, forma-se na expressão exterior a voz, o gesto e a palavra, trazendo ao ator o jogo da verdade; não há verdade na expressão se a modalidade expressiva exterior não corresponder a um impulso interior.
O reenquadramento de dramaturgia e da cena em moldes desvencilhados de normas e padrões: é esse afã de buscar uma nova significação para a realidade cênica e, por ela obrigado, o forjamento de novas formas, que serão repassados, como campo de experiência a linguagens diversificadas. Através da fragmentação a palavra se dobra em texto cênico.
O ator consciente: essa é a proposta; fazer com que o ator utilize o seu objeto de estudo, o corpo, a voz e a alma cênica transformem-se em movimento, interpretação e impulsos verdadeiros, mesmo havendo uma marcação assumida dentro do espetáculo.

Ribamar Ribeiro possui mais de 30 prêmios em Festivais de todo o Brasil como ator, diretor e dramaturgo. Esta mesma Oficina já foi ministrada em vários Festivais onde também foi jurado e será ministrada no Festival Nacional de Teatro
de São Mateus em agosto de 2007. Recebeu o Prêmio Pruri de Melhor Espetáculo e Direção no Festival Nacional de Resende com Sobre Mentiras e Segredos concorrendo com Amir Haddad pela direção de A Alma Imoral. Esta oficina foi ministrada também no VI FESTEPE - Festival Internacional de Teatro latinoamericano - Lima - Chancay - Peru.

O ATOR AUTORAL E O SEU CORPO

Ribamar Ribeiro