Dia: 15/09
Horários: 10h às 14h
Participantes - 30 vagas
Ouvintes - Ilimitadas
Local: Teatro Popular Oscar Niemeyer
Rua Jornalista Rogério Coelho Neto, s/n - Centro

A oficina, de caráter prático, visa discutir os limites do realismo na interpretação, utilizando para tal a obra dramática de Nelson Rodrigues, através da percepção da estrutura rítmica inerente a cada obra, criada através de recursos diversos, como pontuação e intervenção das rubricas. Esta poética, criadora de uma dinâmica própria, deve ser estudada e perseguida, e nunca ser deixada em segundo plano, preterida por leituras e interpretações externas à criação, da obra como um todo ou de cada personagem em particular.

Moacir Chaves recebeu, ao longo de sua carreira, diversos prêmios e indicações. Dirigiu inúmeros espetáculos, entre eles, A Lua Vem da Ásia, com Chico Dias; O Jardim das Cerejeiras, com Deborah Evelyn; Utopia, com Maria Clara Gueiros; Inutilezas, com Gabriel Braga Nunes; A Resistível Ascensão de Arturo Ui, com Luiz Fernando Guimarães; O Altar do Incenso, com Marília Pêra; Dom Juan, com Edson Celulari; Sermão da Quarta-feira de Cinza, com Pedro Paulo Rangel e Bugiaria, de sua própria autoria. É professor de teatro na Uni-Rio e faz parte do corpo de jurado do Prêmio Shell/RJ.

Oficina de Interpretação

Moacir Chaves